quinta-feira, 31 de março de 2011

Artigo do Emir: #Reinvent@r com a Atitude 720° para inovar com criatividade rumo ao sucesso


#Reinvent@r com a Atitude 720° para inovar com criatividade rumo ao sucesso


O mundo mudou! As pessoas mudaram! As relações comerciais sofreram alterações profundas e nunca vistas dessa forma, nem antes e nem tampouco após a Revolução Industrial. Vivemos o período D.G. (Depois do Google). Vivemos fora das bolhas.

O nível de conhecimento da humanidade aumentou muito e obteve sua dobra há pouco tempo. Calcula-se que até o ano de 2015 essa dobra se repita a cada 72 horas. Você está preparado? Onde você e sua empresa pretendem estar daqui a três anos?

Precisamos pensar diferente, reinventar nosso posicionamento a fim de obtermos resultados à altura da exigência e da expectativa de nossos clientes, de prospects e do consumidor em geral.

Inovação é a bola da vez! O mundo lá fora está cheio de iguais... isso não basta!
               
Com o advento e avanço da internet como forma principal de informação, comunicação e de estabelecimento de relações comerciais, as posturas dos profissionais necessariamente também deverão se atualizar nesta direção.

O momento é de #reinventar suas formas de pensar, formatos de atuação, de métodos, de posturas, de processos e principalmente de procedimentos. Nada mais é da mesma forma que há dez anos. E isso, por questões de sobrevivência no mercado globalizado, exige audácia, coragem e empreendedorismo.

Clientes e prospects têm ao seu dispor toneladas de informações ofertadas em nano segundos pelo Google, em um clique. Para se ter ideia do que estamos tratando, saiba que somente as informações geradas durante o ano de 2010 foi 15% maior do que toda a informação acumulada em 5 mil anos pela humanidade. Hoje só não sabe quem não quer ou quem não procura. 

Com todo esse conhecimento acessível, o mercado consumidor se tornou muito mais exigente e disposto a pagar muito menos por serviços comoditizados ou em níveis visualmente igualáveis. Não há mais motivos que justifiquem gastos ou preços maiores para os mesmos produtos e serviços. Justamente nesta década em que o mercado de prestação de serviços obteve seus maiores crescimentos e incentivos, decretando-se como o grande mercado em ebulição.

Os profissionais e as empresas terão necessariamente que se adaptar às novas realidades e atualizar seus posicionamentos em busca da preferência e da decisão de consumo destes milhões de compradores e consumidores que inovam o ato de comprar e consumir. Trata-se de uma nova ordem no convívio B2B, B2C...

Aperte o ENTER

                As redes sociais se integraram ao cotidiano das pessoas e forçaram que milhares de empresas e seus profissionais buscassem essa mesma direção. Hoje já não basta a apresentação de um endereço www, mas sim a integração com um blog, a complementação social com o facebook e a presença essencial com o twitter, a fim de restabelecer pontes de relacionamentos e derrubar mitos e muros de insatisfações ou de contrariedades.

                Até mesmo revoltas sociais e crises políticas tiveram resultados influenciados pelo uso das redes sociais, como o acontecido no início de 2011 nos países árabes, há décadas oprimidos por ditaduras decadentes. Milhares de pessoas comuns, mobilizadas por suas redes de relacionamentos usando o twitter como forma direta de contato, foram às ruas e reclamaram seu maior direito consumidor: o Direito de Cidadão e o Direito de Democracia!

O mundo está aprendendo a inov@r, provando que vivemos tempos exponenciais e de valores alterados. Cada dia mais, os consumidores dão um CTRL + ALT + DEL nos formatos arcaicos, corroídos e carcomidos dos ultrapassados modelos de atendimento. 

A responsabilidade com o meio ambiente, a preocupação com a degradação do nosso habitat e com nossas reservas naturais, provam que uma nova ordem das coisas é necessária. O homem busca incrementar sua participação num contexto de relação com o “tudo” e com “todos”. E para alcançar isso, busca um novo posicionamento:

- Pensar, planejar, enxergar, agir e gerar satisfação com o uso da inovadora Atitude 720°!

Mas o que é isso? Todos conhecemos os princípios “360°” onde a empresa e os seus gestores preocupam-se com as possíveis situações que envolvam a criação, a produção, o atendimento e a entrega de seus produtos e serviços ao consumidor. Note que no centro desse modelo, está apenas a empresa e seus produtos. O público consumidor está fora do alcance dessa estratégia, ficando à margem do foco, sendo muitas vezes considerado como “decorrente” desse processo.

Isso não é o suficiente nos dias de hoje. Com o aumento das necessidades e das exigências, as empresas não podem mais agir assim, sob pena de não atenderem e não satisfazerem plenamente o cliente.  A Atitude 720° assegura e exige a manutenção do controle dos processos e dos procedimentos para atender seus clientes, mas de forma inovadora faz com que essas mesmas empresas aperfeiçoem seus produtos, seus serviços e, principalmente seus métodos, conforme a necessidade identificada pelo público consumidor. Além de olhar de dentro da empresa para o mercado, é essencial que o empresário moderno e que os profissionais que busquem sucesso, saibam, conheçam, entendam e executem os desejos do principal motivo para a existência de seus produtos e de seus serviços: Sua Excelência, o SENHOR CLIENTE

Essa Atitude 720° faz com que todas as pessoas sejam essenciais nos processos de produção e de atendimento, valorizando ideias, reformando conceitos, derrubando barreiras, destruindo paradigmas e inov@ atitudes. Trata-se de dar unfollow naquilo que já não serve mais.

As empresas que realmente desejam alcançar esse sucesso, estabelecendo “linha direta” com o mercado, precisam entender que o “fazer mais” é apenas o essencial do ponto de vista do consumidor. O “fazer muito mais e personalizado” é a chave para a conquista e para o orgasmático encantamento do cliente, que poderá tornar a empresa, finalmente detentora da confiança e da sua decisão de compra.

Para alcançar o poder da Atitude 720°, as empresas e seus profissionais precisam canalizar seus esforços, atualizar seus métodos e estabelecer um posicionamento no mercado. Não existe fórmula mágica e nem matriz pré-estabelecida. Como se trata de um novo posicionamento dependente de várias variáveis, a relação com o cliente é a base das informações. Levarão grande vantagem àqueles que já estiverem despertos para a importância do networking, das redes sociais e do uso adequado e inteligente dos processos de CRM (Customer Relationship Management). A informação só é valiosa quando obtida de forma adequada, digerida com propriedade e usada com inteligência. Informação sem essas características é como a água: você sabe que ela está ali, transparente, sem gosto e sem cheiro!

Por sua vez, os profissionais que desejam ter sucesso neste novo tempo, precisam enfrentar as dificuldades impostas pela concorrência acirrada, ampliando o leque de ofertas e de propostas. 

Vão se sair muito bem, os profissionais que sejam especialistas em estabelecer pontes de relacionamentos e não os “ensaboados e vaselinas” confundidos com políticos populistas. 

O novo perfil desejado pelas empresas e pelo consumidor é do profissional que esteja ajustado às novas tecnologias e sem medo de encarar o avanço dessas relações. Que tem a cara limpa, perfil no Orkut, no facebook e manda invites para seus prospects. Ele manda DM (mensagens diretas) para os seus Followers (seguidores) no twitter e compartilha status, fotos, eventos e promoções com seus amigos/clientes. 

A Geração Y leva vantagem nessa disputa justamente por ter surgido no auge do uso dessas tecnologias e dessas ferramentas, e também pela extrema facilidade em agregar contatos e relacionar-se de forma digital, diminuindo custos e aumentando a produtividade das empresas. São jovens ainda sem experiência profissional, precoces num mercado antes restrito aos medalhões, mas que exatamente pela sua inexperiência, oferecem ao público consumidor, uma nova realidade física e pensante das relações comerciais, inserindo uma posição muito mais “... vamos fazer juntos!” no mercado.

O mercado inov@ é digitalizado nos contatos, nas negociações e nos acertos. As pessoas encontraram, com o uso das tecnologias e das redes online, as condições de superar a falta de tempo para se dedicar em busca de soluções. Hoje está tudo concentrado. São redes de alta densidade que oferecem em sites de e-commerce ou em básicos 140 toques do twitter, o ambiente apropriado para ter opiniões, características e informações que lhe permitam optar pelo melhor produto e também pelo melhor vendedor/empresa.

Uma coisa se torna cada vez mais certa. Os profissionais, sejam eles da Geração Y, Geração X, ou do século passado, necessitam buscar qualificação e preparo para atingir suas metas e seu aprimoramento profissional. O uso de técnicas comerciais continua sendo um diferencial bastante forte. Técnicas como a do CHAFE ainda são importantes e fazem parte da exclusiva Atitude 720°:
  • C- Conhecimento; 
  • H - Habilidade; 
  • A – Atitude; 
  • F - Força de vontade e 
  • E-Entusiasmo!
Apesar disso, ainda existem empresas algemadas ao passado e que abominam o uso de redes sociais, de sites, portais e de ferramentas online de comunicação entre seus profissionais e até com seus clientes e fornecedores. Pasmem, ainda existem empresas que usam o fax!! Ainda há vendedores que não possuem e-mail (arrgh). Mas para esses, o próprio mercado têm se encarregado de deletá-los, bloqueando-os em seus ostracismos. 

Faça bom uso da Atitude 720°. Os resultados serão escolhas suas!

Agora sabe o que fazer!

@emirpinho

Emir Pinho
Palestrante, Consultor e Gestor de Segurança
(51) 9967 3306 - (51) 7815 2060
Nextel ID 92*14136
Skype: Emir Pinho
emir@consultordeseguranca.com.br
Live MSN: emirpinho@hotmail.com
Siga-me em
www.twitter.com/emirpinho
www.facebook.com/emirpinho
LinkedIn: Emir Pinho
Profissional associado da ABSEG
Consultoria 720 Graus - Segurança com Inteligência

Não perca:




Edição PORTO ALEGRE – DIAS 15 E 16 DE ABRIL
Palestras com
MARCOS SOUSA – EMIR PINHO – MARCOS MENEZES
Informações e inscrições
ou pelos fones (51) 9967 3306 – (62) 8127 9244

Nenhum comentário: