quinta-feira, 23 de julho de 2009

Um falso sequestro ao vivo no FM

GOLPE NO AR

Um falso sequestro ao vivo no FM

Uma ligação interrompeu o programa Pretinho Básico transmitido ao vivo no início da tarde de ontem, pela Rádio Atlântida FM do Rio Grande do Sul. O celular de um dos participantes, Luciano Lopes, conhecido como Potter, tocou durante um dos blocos do talk show.

O apresentador Alexandre Fetter, que comandava o programa, brincou que todos deveriam parar para Potter atender a ligação. Do outro lado da linha, um golpista anunciava o sequestro da suposta filha de Potter. E uma voz feminina gritava:

– Sou eu, pai. Vem me buscar.

Fetter então pediu que a ligação fosse colocada no viva-voz para que os ouvintes testemunhassem a prática criminosa de falsos sequestradores.

– Mesmo eu não tendo filhos, fiquei nervoso com a ligação. Sem dúvida, se eu tivesse, teria saído do estúdio para atender – disse Potter.

Durante cerca de dois minutos, Potter manteve um diálogo com o estelionatário. Cada vez que o jornalista pedia informações mais concretas sobre a vítima, o golpista repetia o valor que deveria ser depositado:

– Eu quero R$ 5 mil. Você vai depositar na conta que vou passar procê na conta da clínica, véio.

Após a ligação cair, os falsários ainda tentaram ligar para o mesmo número mais duas vezes. Enquanto isso, os integrantes do Pretinho aproveitaram a coincidência para orientar e dar dicas para os ouvintes de como não cair no golpe do falso sequestro.


Para não cair na armadilha

EVITE O GOLPE
- Instrua crianças e empregados a não dar informações da família
- Em empresas, alerte a equipe, em todos os graus de hierarquia
- Mesmo se o interlocutor se identificar como policial, não dê informações


IDENTIFIQUE A FRAUDE
- Repare se o sotaque é marcante e característico de Estados distantes do Rio Grande do Sul
- Desconfie se for ligação a cobrar
- Os golpistas têm um roteiro de frases prontas. Desconfie se a conversa começar sobre um suposto acidente de trânsito envolvendo um familiar
- Repare se existe muito ruído ao fundo, com muitas vozes masculinas em um ambiente que promova eco
- Se ouvir um grito de “pai” ou “mãe” do outro lado da linha, desligue e ligue para os seus filhos. Uma das táticas dos falsos sequestradores é tentar manter o interlocutor no telefone o maior tempo possível, para evitar que ele descubra a fraude.


COMO PROCEDER
- Desligue o telefone e tente fazer contato com o suposto sequestrado
- Contate a polícia. Ela fará a avaliação do caso para saber se trata-se de um sequestro real

Nenhum comentário: