segunda-feira, 13 de abril de 2009

BM fará reunião com comerciantes após ataques a lojas na Capital

Polícia | 13/04/2009 | 12h27min

BM fará reunião com comerciantes após ataques a lojas na Capital

Comandante negou que tenha faltado policiamento na cidade durante o feriado

Atualizada às 15h12min

Quatro ataques a lojas em shoppings, hipermercado e galeria de compras. Foi esse o saldo do fim de semana em Porto Alegre. Em menos de 24 horas, entre sábado e domingo, quadrilhas armadas levaram pânico a clientes e lojistas nos shoppings Bourbon da Avenida Ipiranga e Total, na Avenida Cristóvão Colombo, além da Galeria do Rosário, no Centro, e do hipermercado Carrefour da Avenida Plínio Brasil Milano. A situação levou a Brigada Militar (BM) a propor reunião com comerciantes do município.

O comandante do policiamento da Capital, coronel Jones Calixtrato Barreto dos Santos, negou que os assaltos e arrombamentos tenham ocorrido por falta de policiais nas ruas na cidade durante o feriado de Páscoa. Ele garantiu que a Brigada Militar (BM) estava posicionada no feriado. Para o oficial, o que está havendo é uma migração dos crimes para prédios com áreas internas, em função de uma atuação mais consistente da BM nas ruas.

Em março, 2,5 mil pessoas foram presas na Capital. Também em março, preocupada com a migração do crime, a BM chamou os representantes dos seguranças dos shoppings para alertar sobre a possibilidade de assaltos. Após os ataques de ontem, uma nova reunião será realizada. O alerta da Brigada Militar também atinge lotéricas, táxis, ônibus e lotações.

Sobre os assaltos, o chefe de investigações da Delegacia de Roubos, Edison Ferreira, destaca que a Polícia Civil trabalha para identificar os ladrões dos assaltos aos shoppings Total e Bourbon. O mesmo trabalho está sendo feito pelo setor de investigações da 9ª e 10ª delegacias de polícia. Ainda não há identificação dos assaltantes.

Jocimar Farina | jocimar.farina@rdgaucha.com.br


 

Nenhum comentário: